Tesouro Nacional lança livro com guia para DEA

DEA é uma técnica de mensuração de eficiência que usei no meu primeiro trabalho na iniciação científica, sobre produção acadêmica nos cursos de pós filiados a ANPEC. Este livro do Tesouro sobre gasto público traz uma pequena resenha do método e mostra sua aplicação no R, software estatístico gratuito. No meu tempo, a gente usava o DEA-Solver que era um add-in de Excel que vinha em um livro. Download do livro no link.

A Secretaria do Tesouro Nacional lançou, na última terça-feira (23/06), o livro Avaliação da Qualidade do Gasto Público e Mensuração da Eficiência. O objetivo do trabalho, resultado da parceria do Tesouro Nacional com o Banco Mundial e com diversas instituições de ensino superior, é fomentar o debate sobre qualidade do gasto público e  disseminar técnicas de mensuração de eficiência do gasto.

via Tesouro Nacional lança livro sobre Qualidade do Gasto – Artigo Tesouro Nacional – STN.

Anúncios

Acesso aberto de periódicos? Vale a pena (#segundoestudos)

Assunto interessante, já falamos dele por aqui:

Poderíamos usar os recursos gastos globalmente em assinaturas de periódicos científicos por bibliotecas acadêmicas, centros de pesquisa e outros, e fazer sua transição, ou alterar sua proposta para custear a publicação destes mesmos periódicos e artigos em acesso aberto?

via Recursos gastos globalmente em assinaturas de periódicos podem ser completamente transferidos para um modelo de negócio de acesso aberto para liberar acesso aos periódicos? | SciELO em Perspectiva.

Como faço para que me leiam?

Boas dicas para divulgação de suas publicações no blog do Scielo.

Nilsson propõe algumas ações clássicas e convida outros pesquisadores a revelar seus conselhos úteis (tips).

  • Publicar preprints/postprints em repositórios como arXiv ou similares.

  • Levar uma boa quantidade de reprints para as próximas conferências em que comparecer.

  • Escrever um comunicado de imprensa em colaboração com o escritório ou assessoria de imprensa da sua universidade.

  • Enviar avisos a uma lista apropriada de e-mails.

  • Incluir cópias do artigo nos painéis de notícias nas cantinas das universidades que visita e trabalha.

via Como faço para que me leiam e me citem se não publico em elite-journals? | SciELO em Perspectiva.

Filtro de Hodrick-Prescott no Excel

Um pouco fora da minha área certamente mas estou sempre pronto a apreciar boa programação e facilidade de uso. Se você precisa tirar a tendência de uma série com o filtro HP e quer a facilidade do Excel, ou quer usar em um ambiente de trabalho onde os programas são controlados, fica a dica do site abaixo. Ele explica onde baixar o add-in e como utilizar. Testado e aprovado.

There is a how to use PDF, short, says you give it a range of cells and a number (a constant). The long version: Select a range of cells for your results, type =HP( , select the range of cells containing the data to be filtered, type in a comma, type in the constant, and close the parentheses. But don’t hit ENTER.

Instead, hold down CTRL and SHIFT and then press ENTER. That’s it. Then you can make a graph or whatever, from the results.

Holding down CTRL and SHIFT while you press ENTER is standard Excel stuff. They call it “array formulas” which sounds pretty complicated… but all you have to do is hold down CTRL and SHIFT while pressing ENTER. How complicated is that?

None of that works, though, if you don’t have the Hodrick Prescott filter installed. No problem. Among the search results is a link to Kurt Annen’s HP-Filter Excel Add-In at IDEAS. There are three separate files you can download:

1. an XLA file, an Excel add-in which adds the HP( ) function to the built-in Excel functions.

2. the Visual BASIC source code for the HP( ) function.

3. an example.

For most people the simple thing would be to install the add-in. (The PDF linked above tells how.) For me, the simple thing was to copy the Visual BASIC source code and paste it into a code module. That way I got to look the code over a bit. It looks like a very complicated (arithmetically) version of a “moving average” calculation, or something comparable. That’s a crude description; I didn’t work through all the arithmetic. But the result you get from the HP filter serves the same sort of purpose as the result you get from the moving average calc.

Anyway, after it’s installed one way or the other, it’s as easy to use as =SUM( ) or any other Excel function. I expect to explore it, and to use it.

What number do you use for the constant?… for the “Lambda” as they call it?

Rule of thumb is:

Lambda = 100*(number of periods in a year)^2

There is additional research that suggests using a power of 4 instead of 2. See Ravn and Uhlig (2002). http://ideas.repec.org/a/tpr/restat/v84 … 1-375.html

via The New Arthurian Economics: De-Trending.