Devemos nos importar com os microfundamentos?

Construção da casa

Em uma visão tradicional, “basear-se em microfundamentos”, significa teorizar a partir de uma unidade de decisão, normalmente o indivíduo, que possui um método de tomada de decisão, usualmente racionalidade perfeita. Assim evita-se a crítica de Lucas (i.e. o modelo não é válido porque não leva em conta a reação das pessoas às políticas que podem ser propostas). No post reproduzido abaixo Noah faz uma crítica interna. Que tipos de microfundamentos são relevantes? E as realimentações entre o macro e o micro?

Simon Wren-LewisPaul Krugman, and Robert Waldmann have posts up discussing whether macroeconomists always need to use “microfoundations” – in other words, whether macro models should always start with some sort of individual optimization. I’ll get to their ideas in a minute, but first, some general thoughts.

Why are microfoundations useful? The usual answer is that “microfoundations make models immune to the Lucas Critique.” The idea is that the rules of individual behavior don’t change when policy changes, so basing our models purely on the rules of individual behavior will allow us to predict the effects of government policies. Actually, I’m not sure this really works. For example, most microfounded models rely on utility functions with constant parameters – these are the “tastes” that Bob Lucas and other founders of moden macro believed to be fundamental and unchanging. But I’d be willing to bet that different macro policies can change people’s risk aversion. If that’s the case, then using microfoundations doesn’t really answer the Lucas Critique.

via Noahpinion

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s