Inovação e Inquisição

Quem imaginaria que a Inquisição na verdade é fruto de uma série de inovações que surgiram no séc XIII e permitiram uma maior eficiência dos processos de gestão da Igreja? O artigo é excelente, notem a modernidade do trecho abaixo:

But from between the lines a larger truth emerges — that the Inquisition was driven by a host of innovations. They are innovations that we take for granted, woven into the world we live in now.

It was becoming possible not just to collect and preserve information about people, but also to organize it in such a way that it could be retrieved when needed. In the Church as well as in secular governments, laws were being codified more coherently, making it possible to draw a clearer line between what was permissible and what was not. Self-perpetuating bureaucracies were being created, staffed by trained personnel. Even interrogation techniques were becoming systematized in a quasi-scientific way.

via Bureaucrats with torches – Boston.com.

Uma resposta para “Inovação e Inquisição

  1. Pingback: Mais vistos do ano | Gabriel Rega

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s